domingo, 9 de novembro de 2008

As Cantigas de Afonso X, o Sábio, Reio de Castela e Leão.

Refletir e conhecer sobre o lazer e a cultura é tão importante quanto qualquer outra questão haja vista que se está diante de um ponto de encontro do homem comum na sociedade. A prática do diálogo sobre lazer, artes, esportes costuma trazer consigo uma enorme quantidade de conceitos e ideais, identificando informalmente as tendências sociais.

As Cantigas de Santa Maria são a maior coleção de poemas dedicados à Virgem Maria de toda a história. São 427 poemas sendo a maioria de Cantigas de Milagre e outras tantas de Cantigas de Louvor. Elas foram escritas em galego-português entre 1250 e 1285 e os manuscritos originais são profusamente iluminados e acompanhados de notações musicais. É importante para um católico conhecer um tesouro artístico desta natureza.


video

2 comentários:

Anônimo disse...

Salve Maria!
O que dizer a respeito das cantigas medievais e em especial das cantigas a santa maria, compostas muitas por D. Afonso X ?.. Narra-se que ate o livro das cantigas por intermedio da Virgem salvou D. Afonso X do perigo de saúde.
Eu aprecio muito um trabalho do senhor Eduardo Paniagua, acredito que ele seja o músico interprete de cantigas medievais que mais se empenhou a gravar e executar as cantigas a Virgem Gloriosa, Mae do nosso Grande Rei.
Consegui quase toda coleção...
Que pude procure o trabalho de Eduardo Paniagua.

Um abraço,
Rodrigo
Ad Majorem Dei Gloriam!

Anônimo disse...

Caro Rodrigo,
Salve Maria!


De fato o próprio Rei afirma que foi curado por meio do livro das Cantigas.
Como já se falou "as Cantigas de Santa Maria são uma catedral góticam sem pedras".

Augusto

Postagens populares